Ainda os despedimentos na Controlinveste


Uma análise de leitura obrigatória da Estrela Serrano!

VAI E VEM

Aos poucos vão-se conhecendo alguns detalhes dos despedimentos na Controlinveste. Um dos critérios parece ter sido despedir quem ganha mais, pelo menos no caso do jornalista da TSF, João Paulo Baltazar, esse foi, segundo o relato do próprio, o motivo invocado, embora  o repórter fotográfico da Global Imagens, Jorge Carmona, que foi também despedido,  ganhasse o salário mais baixo da sua empresa.

Entre os despedidos está também a jornalista do DN, no Funchal, Lília Bernandes, não se sabe com que critério nem quem a substituirá, dado não ser expectável que o DN fique sem  “correspondente” na Região Autónoma da Madeira. Outros nomes, Eurico de Barros e Nuno Galopim. surgiram hoje num artigo de opinião no Público …  

Uma vez que a qualidade profissional das pessoas despedidas cujos nomes são conhecidos até agora não pode ser posta em causa, é legítimo presumir que a preocupação pela qualidade do jornalismo não…

View original post mais 204 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s