O triunfo da paranóia


Finalmente, a sua extradição não se revelou possível porque a Tunísia não o tinha reconhecido antes como seu cidadão.

E o que foi feito perante isto? Primeiro prendeu-se um baluque refugiado da perseguição jihadista paquistanesa, apenas porque era refugiado e porque não lhe arranjaram intérprete de baluque

Source: O triunfo da paranóia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s