2017, o tal…


Quer isso dizer que o candidato carrega às costas o peso de uns quantos anos a preparar 2017. A estudar teorias de outras eleições em diferentes lugares, a reler discursos de campanha que outros fizeram, a comparar práticas, a avaliar posturas, até a tentar perceber como se dorme num tempo assim sem o fantasma das insónias…

Source: 2017, o tal…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s