O que estão a ler alguns membros do Governo


miguel+poiares+maduroPoiares Maduro – O eminente Constitucionalista

ROSA, M. C. Introdução à morfologia. São Paulo: Contexto, 2000

Objectivo: compreender o Português escorreito dos Acórdãos do Tribunal Constitucional

 

Post troika evaluation press conference

Maria Luís – A miss Swaps

O verdadeiro Almanaque BORDA D’ÁGUA, Reportório útil a toda a gente, 2014

Objectivo: tentar fixar que “Junho floreiro, Paraíso Verdadeiro”; “Em Julho, debulhar”; e “Quem casa em Agosto, não casa a gosto”, ideias que vai procurar reflectir na proposta de Orçamento de Estado para 2015

 

passos-coelho_zorate

Passos Coelho – O homem que nunca mente, apenas muda de Opinião consoante as circunstâncias

“A Fenomenologia do Ser”, de Jean-Paul Sartre, ano desconhecido, editora desconhecida, 

Objectivo: contra todos os pareceres entretanto encomendados, via Nuno Crato, ainda está à procura da obra sendo esse, para já, o seu principal e único objectivo. Se, contra toda a razoabilidade, isso vier a acontecer os Passos seguintes serão: 1. aprender Filosofia; 2. localizar uma Livraria no Google Maps e 3. instalar a prótese cerebral indispensável a tão magna tarefa.

A sua citação preferida, do supra referido autor, é “Quando os ricos fazem a guerra, são sempre os pobres que morrem.” Tem esperança de encontrar mais boas ideias, deste tipo, na obra mencionada.

Entretanto está a ler um digest do “Caminho da Servidão”, do Hayek, que o Relvas lhe preparou, na esperança de lá encontrar fotos da Salma sem roupa.

Anúncios

Tenha vergonha senhor Ministro!


MADUROResposta a Poiares Maduro

O que constitui um “verdadeiro atentado à própria Democracia”, caro Ministro, é ver pessoas da sua craveira intelectual e académica, repetir mentiras infantis e ensaiar manobras de diversão como aquelas em que o Governo a que pertence é fértil em forjar.

As mentiras e “ecrãs de fumo” que vêm repetindo têm dois defeitos: o primeiro é, logicamente, serem mentiras e fantasias; o segundo é serem incompetentes e, como tal, insultarem a inteligência de todos nós.

O Estado da Inocência e a Potestade do Grotesco

Do ponto de vista intelectual, a celeuma lançada pelo Coiso (secretário-geral do PSD), com a conivência de Luís Montenegro (líder do grupo parlamentar do PSD) e, hélas, mais recentemente, a colaboração activa do ministro Poiares Maduro, evoca-me a seguinte imagem:
– a ideia que um, desesperado, PSD pretende transmitir à Opinião Pública, está para a Verdade, na mesma razão directa que, em termos de Beleza, o Quasímodo está para o Johnny Depp.

Tenha vergonha senhor Ministro!